segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Prefeituras discutem desenvolvimento do comércio na fronteira

A Fecomércio/AC participou nesta sexta-feira (20) do Fórum Gestão de Cidades em Brasiléia, organizado pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados e prefeituras do Alto Acre.

A intenção do encontro foi discutir as questões que fomentem o desenvolvimento e o crescimento dos negócios, tanto industriais quanto comerciais, nas cidades gêmeas de Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil.

Os debates envolveram a implantação das lojas free shops nessas cidades, as áreas de livre comércio, os arranjos produtivos locais definidos pelo Plano de Desenvolvimento da Faixa de Fronteira e a Zona de Processamento de Exportação (ZPE).

“Este fórum é a mobilização das três cidades com apoio da Câmara e o envolvimento de várias instituições buscando gerar argumentos para desenvolver a atividade comercial e industrial”, ressaltou o superintendente da Fecomércio/AC, Egídio Garó.

O prefeito de Brasileia, Everaldo Gomes, destacou a lei dos free shops, que está em fase de regulamentação pelo governo federal, e sua importância para o empresariado local. Segundo ele, há uma concorrência desleal por causa da Zona Franca de Pando (Zofra).

“Os bolivianos são organizados e têm força de vontade, o que está faltando para os Brasil. Temos o dever, junto com todos os poderes, de resolver a situação do comércio local, que sofre por causa da concorrência dos produtos baratos da Bolívia”, disse.

Membro da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, a deputada federal Perpétua Almeida cobrou da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) o funcionamento das áreas livres de comércio. “O Acre precisa de mais investimentos e a Suframa não deve só se concentrar no Amazonas”.


PORTAL JANELÃO.NET
23/09/2013
http://www.abrazpe.org.br/index.php/noticias/715-prefeituras-discutem-desenvolvimento-do-comercio-na-fronteira

Nenhum comentário:

Postar um comentário