quarta-feira, 5 de junho de 2013

Curso de Unidades Especializadas de Fronteira forma novos multiplicadores

Em solenidade festiva encerrou na tarde da ultima sexta-feira (31), na Diretoria de Ensino da Polícia Militar (DE), a 3° Edição do Curso de Unidades Especializadas de Fronteira – Nível Multiplicador. O curso objetivou capacitar profissionais de segurança pública para atuarem como multiplicadores da temática de unidades especializadas de fronteira, buscando fortalecer a prevenção, o controle e repressão dos delitos praticados na faixa de fronteira brasileira.

O curso foi realizado no período de 13 a 31 de maio e teve uma carga horária de 136 horas-aulas, sendo divididas em módulos teóricos e práticos, contando ainda com a participação de professores de vários estados brasileiros, visando proporcionar aos discentes o aprimoramento nas disciplinas de técnica de entrevistas; identificação de artefatos explosivos; comunicação policial; investigação criminal; patrulha policial; tiro policial; técnicas de imobilização e condução, dentre outros.

Na oportunidade o secretário de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Marcelo Bessa falou dos desafios e dificuldades enfrentadas pela polícia na fiscalização das fronteiras do Estado de Rondônia com a Bolívia. “Temos uma área muita extensa e de difícil acesso quase toda dividida por rios e vegetação de matas fechadas. Mesmo assim não temos medido esforços em busca de recursos para equipar a polícia, exemplo disso, são os mais de 27 milhões de reais conseguido junto a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) que irão equipar as unidades de fronteira e dotar os policiais de recursos fins para o combate dos principais crimes de fronteira, sendo eles, o tráfico de drogas e o transporte de veículos roubados para a Bolívia”. Disse Bessa, ressaltando ainda, que doravante os policiais estão aptos a serem multiplicadores em seus Estados e municípios, “O conhecimento não pode ser monopolizado, contudo difundido com os demais companheiros das corporações”, finalizou.

Em sua fala, o orador da turma Major PMRO, Edilson Crispim, em nome de todos agradeceu a Secretaria de Segurança que por meio da Gerência Especializada em Fronteiras (Gesfron), apresentou projetos para que o curso fosse realizado em Rondônia. “Valeu apena estar aqui junto com todos vocês. Tenho certeza que recebemos novos conhecimentos que nos serão úteis no serviço operacional. E o que é mais importante, a Senasp conseguiu integrar as polícias. Debatemos novas ideias e conhecemos a realidade de cada região fronteiriça”, disse Crispin.

A assessora pedagógica da Senasp, Andréia da Silveira disse que o curso foi muito proveitoso, pois pode integrar as polícias e compartilhar novos conhecimentos. “Estou muito feliz de ter tido a oportunidade de ser a coordenadora do curso, e porque sei também que esses profissionais absorveram conhecimento, e poderão repassá-los aos demais policiais de ponta”, salientou Andréia destacando a preocupação do governo federal com os estados que fazem fronteira com outros países.

O curso contou com a participação de policiais civis e militares, lotados nas delegacias e organizações policiais militares, de onze estados brasileiros de fronteira, além de representantes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Força Nacional de Segurança Pública.


Sesdec Ro
terça-feira, 4 de junho de 2013 - 0:18
http://www.sesdec.ro.gov.br/?p=5826

Nenhum comentário:

Postar um comentário